A aldeia onde cresce a melhor canábis do mundo

Susana Lúcio 05 de dezembro de 2016

Na aldeia de Malana, na Índia, é produzida uma das melhores estirpes de canábis no mundo. A planta é nativa daquela zona e é colhida há séculos pelos habitantes

Durante séculos, Malana, no Vale do Kullu, junto aos Himalais na Índia, esteve isolada do exterior. Eram precisos quatro dias a escalar para chegar lá da estrada mais próxima. Os seus habitantes estavam tão isolados que criaram um deus próprio e, até há pouco tempo, elegiam o seu próprio governo e tribunal.

Mas o isolamento acabou quando os fumadores de canábis do Ocidente descobriram o poder do charas, o haxixe negro produzido pelos habitantes há séculos. Agora, Malana é um destino turístico, mas com os turistas veio também a polícia.

A produção e consumo de canábis é proibido na Índia desde 1985. Volta e meia, as autoridades aparecem em Malana para cortar algumas plantas, mas não fazem detenções porque a canábis cresce nas montanhas de forma nativa e a população tem o cuidado de não a plantar em terrenos privados.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais