Notícia

Mundo

Como o gás novichok conseguiu passar pelo controlo de segurança do aeroporto de Gatwick?

12.09.2018 17:08 por Carolina R. Rodrigues
Os alegados espiões russos passaram com o gás pelo aeroporto de Gatwick sem serem detectados, admite ministro da segurança britânico.
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado

Os dois alegados espiões russos responsáveis pelo ataque em Salisbury que deixou hospitalizados durante semanas o ex-espião russo Sergei Skripal e a sua filha, Yulia, contrabandearam o gás novichok pelo aeroporto de Gatwick sem serem detectados pelas autoridades ou medidas de seguranças. 

A informação foi admitida por Ben Wallace, ministro da segurança britânico, à Câmara dos Comuns. "Houve claramente alguma tentativa de criar uma forma de evitar as nossas medidas de segurança", afirmou o político. "Indubitavelmente, no fim da viagem pelo aeroporto, um dos postos de verificação de bagagens não estava a funcionar devidamente", reconheceu Wallace, depois de já ter sido  revelado que o novichok foi transportado num frasco de perfume Nina Ricci. "A garrafa foi depois irresponsavelmente descartada na rua, com o potencial para matar ou magoar centenas e centenas de pessoas", frisou.

Procuradores ingleses já acusaram dois homens russos - Alexander Petrov e Ruslan Boshirov – de tentativa de homicídio de Sergei Skripal, num ataque venenoso que vitimou Dawn Sturgess, uma mulher inglesa que faleceu no hospital dias depois de ser infectada.

As autoridades inglesas acreditam que se tratam de membros da agência de inteligência russa GRU, onde Skripal trabalhou como coronel antes de começar a passar segredos da organização para a MI6 (conhecida como Secret Intelligence Service, a inteligência britânica), que ajudaram a desmascarar espiões russos na Europa.

Por outro lado, Vladimir Putin já reagiu às acusações e garante que estes homens são "civis".

pub

Os suspeitos chegaram ao aeroporto de Gatwick em Londres no dia 2 de Março, usando vistos de negócios e passaportes do governo russo legítimos.


pub
pub