Crítica de teatro: 150 milhões de escravos

Com encenação de Maria João Luís, o espectáculo toca no passado e no presente do trabalho infantil. Até 28 de Janeiro no Teatro da Trindade

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 21 a 27 de janeiro
As mais lidas GPS
Gisela Pissarra 25 de janeiro de 2018

O Teatro da Terra leva a cena 150 Milhões de Escravos, com encenação de Maria João Luís, espectáculo que toca no passado e no presente do trabalho infantil - de que, hoje, aquele número de menores é, segundo a Amnistia Internacional, vítima.
Para isso, a encenadora, revisitando memórias do Ribatejo, de onde é oriunda, e pegando noutras peças em que viajou pelo neo-realismo, parte agora de Em homenagem aos Nossos Empregados, de Michael de Oliveira, A Gaivota, de Tchekhov, e Esteiros, de Soeiro P. Gomes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)