Rachel Cusk: "Imaginar um livro é como uma longa gravidez"

Em entrevista ao GPS, a propósito da sua vinda a Portugal para o festival Literatura em Viagem, a escritora falou do seu novo romance, A Contraluz, que coloca uma pergunta: "O que somos quando não somos a mulher, a ex-mulher ou a mãe de alguém?"

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 4 a 10 de março
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 29 de maio de 2017

Faye, a narradora (participante, mas não omnisciente) de A Contraluz, vai a Atenas dar um curso de escrita. Rachel Cusk, a autora do romance - que é o seu oitavo e o primeiro de uma trilogia que está prestes a terminar -, veio a Portugal para participar no LeV - Literatura em Viagem, o festival literário de Matosinhos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)