Marcelo lembra voz irónica e generosa de Jorge Listopad

O Presidente da República enviou condolências à família do escritor e encenador checo, residente há vários anos em Portugal.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 4 a 10 de março
As mais lidas GPS
Lusa 02 de outubro de 2017
Marcelo
Marcelo Direitos Reservados

O Presidente da República apresentou hoje condolências à família de Jorge Listopad, com quem cultivou "uma verdadeira amizade", lembrando a sua voz "irónica mas generosa, cosmopolita mas curiosa, criticamente fascinada com o modo de ser português".

"Apresentando as minhas sentidas condolências à família, lembro com saudade Jorge Listopad, com quem tive a oportunidade de trabalhar em diversas actividades culturais e com o qual cultivei uma verdadeira amizade", lê-se na mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa, publicada na página da Internet da Presidência.

O escritor, professor e encenador checo Jorge Listopad, radicado há várias décadas em Portugal, morreu no domingo aos 95 anos, em Lisboa.

"Escritor, encenador e professor checo, sobreviveu à perseguição que, durante a Segunda Guerra, vitimou a sua família, tendo sido distinguido mais tarde por actos de resistência. Viveu em Paris e na década de 1950 instalou-se em Portugal", recorda o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa lembra ainda que o "poeta, ensaísta, ficcionista, cronista, ficou conhecido por algumas colunas de imprensa, nomeadamente pelo 'Coelhinho' do Jornal de Letras, onde a sua voz se adequava à sua personalidade".

"Irónica mas generosa, cosmopolita mas curiosa, criticamente fascinada com o modo de ser português, e com uma capacidade de observação que devia muito ao humor centro-europeu que tanto cultivou, e que o faziam além do mais um conviva do qual era fácil gostar", descreve.

O Presidente recorda que Listopad "esteve directamente ligado à intensa experiência do teatro televisivo, na RTP, foi professor de várias áreas, incluindo de teatro na Escola Superior de Teatro e Cinema, que ajudou a fundar, criou o Grupo de Teatro da Universidade Técnica de Lisboa, e foi director da Sala Experimental do Teatro Nacional D. Maria II".

"Encenou dezenas de peças de teatro e de óperas, trabalhos pelos quais recebeu dois Prémios de Imprensa e quatro Prémios da Associação Portuguesa de Críticos de Teatro", acrescenta o chefe de Estado.

O funeral do escritor, professor e encenador checo Jorge Listopad realiza-se na quinta-feira, em Lisboa.

De acordo com informações divulgadas na página oficial do autor no Facebook, o velório acontecerá a partir das 18h de quarta-feira na capela do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. O funeral, na quinta-feira, parte, às 14h45, para o cemitério dos Prazeres.

Artigos Relacionados
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)