Crítica de música: 7, de os Beach House

"7 é asséptico e frio, forrado a metal prateado, como uma sala de operações", escreve o crítico Filipe Lamelas

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas GPS
Filipe Lamelas 31 de maio de 2018

Às vezes, a música pop tem mesmo de ser "palpável", para não se perder numa deambulação entre conceitos demasiado abstractos, ou somente na criação de atmosferas. Quando assim é, corre o risco de se tornar aborrecida ou, até mesmo, pretensiosa. E há poucas coisas piores do que canções, de três ou quatro minutos, pretensiosas, quando, na verdade, se destinam a um consumo relativamente massificado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)