Primeira exposição individual de Miki Leal em Portugal

Na Linha de Fundo, que assinala a estreia em exposições individuais deste artista em espanhol em Portugal, está patente em Lisboa na galeria 3+1 Arte Contemporânea

Ágata Xavier 02 de abril de 2018

Na Linha de Fundo é a primeira exposição individual que Miki Leal (Sevilha, 1974) apresenta em Portugal. Fá-lo na lisboeta 3+1 Arte Contemporânea, lugar onde apresenta uma série de pinturas de naturezas-mortas e instalações de cerâmica que cruzam os universos de Ivan Lendl (histórico tenista checoslovaco, mais tarde naturalizado norte-americano, que se destacou nas décadas de 80 e 90 e chegou ao topo do ranking do ATP) e Bordalo Pinheiro, girando sempre sobre o mesmo tema: o ténis. Leal dispõe as peças como se estivesse num campo de jogo, criando uma rede divisória e demarcações no terreno (numa alusão aos próprios limites da arte). 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)