A livraria que vende versos à janela

A Poesia Incompleta é uma livraria dedicada em exclusivo aos versos. A pandemia fechou-lhe as portas, mas continuou ativa - assim como as outras associadas da ReLi - Rede de Livrarias Independentes

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 6 a 12 de maio
As mais lidas GPS
A livraria que vende versos à janela
Markus Almeida 04 de maio de 2020
Mário Guerra à janela da sua livraria Poesia Incompleta, no bairro da Lapa, em Lisboa
Mário Guerra à janela da sua livraria Poesia Incompleta, no bairro da Lapa, em Lisboa João Cortesão

De portas fechadas, mas com a janela - real ou a do browser - aberta para o mundo. O Estado de Emergência levou as livrarias a fechar portas, mas elas persistem, na Internet, através dos correios e, desde o início de abril, também em associação, com a ReLi - Rede de Livrarias Independentes, que lançou iniciativas e reivindicou medidas de apoio face à crise provocada pela pandemia.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)