GPS

Crítica de cinema: Fellini 8 1/2

Oito ou oitenta

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas GPS
Crítica de cinema: Fellini 8 1/2
Pedro Marta Santos 14 de abril de 2016

Em 1963, 8 1/2 foi um estrondo. Meio século depois, é um filme que revela tanto a delirante imaginação do "fantasista" de Rimini como os limites da sua abordagem. Onde o filme melhor funciona é nas cenas puramente oníricas, entre Dali e Magritte, como a sequência de abertura.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)