Dramas de fiadores entalados em dívidas

Dramas de fiadores entalados em dívidas
Raquel Lito 20 de outubro de 2018

Quando assinam de cruz, pode ser um problema. Relatos de quem tentou ajudar amigos ou familiares e viveu um pesadelo financeiro.


"Se o arrependimento matasse, eu já estava morto", diz à SÁBADO Fernando (nome fictício). Mais um fiador que assinou de cruz uma resma de papel cheia de letras miudinhas – e que não percebeu bem. Culpa da iliteracia financeira, decerto. Jamais desconfiava do risco que comportava "aquele que afiança ou assegura o cumprimento de deveres e obrigações do outro", de acordo com a definição de Rui Bairrada, vulgo Doutor Finanças e CEO desta consultora. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais