Apple podia ter comprado Tesla a um décimo do valor atual, revela Musk

Lusa 23 de dezembro de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 15 a 21 de setembro
As mais lidas

O presidente da Tesla mostrou-se surpreendido com a informação de que a Apple está a desenvolver um veículo elétrico, baseado num novo tipo de design de bateria radical.

O fundador da Tesla, Elon Musk, considerou "estranho, se for verdade" a notícia sobre o suposto projeto da Apple para produzir veículos elétricos – e revelou que tentou no passado vender a sua empresa à gigante tecnológica. Musk revelou que "nos dias mais sombrios do programa ‘Model 3′" entrou em contacto com o presidente executivo da Apple, Tim Cook, para discutir a possibilidade de a empresa da maçã comprar a Tesla, por "um décimo do valor atual".

Reuters
"Ele [Tim Cook] recusou aceitar uma reunião", acrescentou Musk, citado na terça-feira pela agência EFE.

O empresário e CEO da Tesla mostrou-se surpreendido com a informação avançada nas últimas horas de que a Apple está a desenvolver um veículo elétrico, baseado num novo tipo de design de bateria ‘radical’, que reduzirá custos e ampliará a gama de veículos.

A imprensa norte-americana adianta que a bateria a utilizar pela Apple tem um design ‘monocélula’, o que permitirá a introdução de mais ‘material ativo’, e será feita com lítio e fosfato de ferro por ter menor tendência a sobreaquecer, tornando-a mais segura.

Elon Musk apontou que a Tesla "já está a utilizar fosfato de ferro para carros de médio porte produzidos na fábrica em Xangai" e que "uma única célula é eletroquimicamente impossível, pois a tensão máxima é cerca de 100 vezes mais baixa". "Talvez ele quisessem dizer que as células se unem, como a nossa bateria estrutural?", questionou.

Relatos sobre o projeto para o carro elétrico da Apple, conhecido como ‘Projeto Titan’, alvo de rumores há anos, indicam que a empresa conhecida pela produção de iPhones e iPads está interessada em produzir um veículo autónomo para consumo de massas. Mas a gigante tecnológica pode também decidir abandonar o projeto de produção para vender apenas a tecnologia desenvolvida a construtores já existentes.

Uma das opções da Apple é a produção de um veículo com a canadiana Magna, maior produtora mundial de componentes automóveis, que desenha e monta veículos para fabricantes como a BMW.

A divulgação destas informações sobre o projeto da Apple surge num momento em que as ações da Tesla rondam os máximos históricos. Hoje, fecharam a valer 640,3 dólares por ação, o que faz dela a maior fabricante automóvel por valor de mercado, superando amplamente empresas como Toyota ou Volkswagen.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais