O que se sabe sobre o acidente que vitimou Kobe Bryant: do ruído no motor à falta de visibilidade

Record 26 de janeiro de 2020

Antigo astro da NBA faleceu este domingo, aos 41 anos, após queda de um helicóptero

Kobe Bryant morreu este domingo na sequência de um acidente de helicóptero. A tragédia ocorreu em Calabasas, em Los Angeles, tendo da mesma resultado a morte de mais oito pessoas, entre as quais a sua filha Gianna, de 13 anos, e John Altobelli, treinador de beisebol. Enquanto se aguarda por uma conferência de imprensa das autoridades, já é possível desvendar alguns dos detalhes do acidente.

De acordo com a 'TMZ', os ocupantes seguiam a caminho da academia do antigo astro da NBA quando, segundo testemunhas no local, o motor do helicóptero começou a fazer um barulho estranho antes da queda, provocando um incêndio. A aeronave seguia a 100 km por hora e perdeu cerca de 100 metros de altitude em apenas seis segundos, antes de se despenhar, conforme os registos do site 'flightradar24.com'. Foi feito desde logo um pedido de socorro mas não chegou para salvar as cinco pessoas a bordo, que acabaram por falecer.

O Los Angeles Times acrescenta que a visibilidade estava longe de ser a melhor, devido ao intenso nevoeiro, o que poderá ter contribuído para o desastre. No entanto, a causa oficial permanece um mistério, que as autoridades irão tentar resolver nos próximos dias. Refira-se que Kobe costumava andar de helicóptero com frequência, nomeadamente nos seus tempos de jogador nos LA Lakers, a equipa de sempre.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais