Benfica SAD, Luís Filipe Vieira e Soares de Oliveira constituídos arguidos por alegada fraude fiscal

Benfica SAD, Vieira e Soares de Oliveira constituídos arguidos por alegada fraude fiscal
Diogo Camilo 15 de julho de 2020

Benfica confirmou que presidente e administrador das águias são dois dos arguidos de processo em que o Benfica é acusado de obter vantagem patrimonial indevida no valor de cerca de 600 mil euros.

Benfica confirmou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) confirmou que a SAD do Sport Lisboa e Benfica, a Benfica Estádio – Construção e Gestão de Estádios, S.A., o presidente das "águias", Luís Filipe Vieira, bem como o administrador Domingos Soares de Oliveira foram constituídos arguidos pela alegada prática de um "crime de fraude fiscal qualificada".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais