John é voluntário para receber vacina contra Covid-19. "O que vale a pena tem riscos"

John é voluntário para receber vacina contra Covid-19. 'O que vale a pena tem riscos'
Leonor Riso 23 de abril de 2020

"Se todos se escondessem de ajudar a encontrar uma vacina, então podíamos não encontrar uma", defende o voluntário. Ensaio em Oxford arranca esta quinta-feira 23.


Esta quinta-feira, arranca o ensaio clínico de uma vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido. Nesta primeira fase, vão participar 500 voluntários. Um deles chama-se John Jukes, e relatou ao jornal Daily Mail o que o levou a voluntariar-se para levar a vacina experimental. 

"Eu não vejo o que estou a fazer como heróico, de todo. Estou numa posição de possivelmente poder ajudar muita gente - essa é uma oportunidade a agarrar. Ninguém vai escapar a este vírus e ao que fez à forma como vivemos. Se todos se escondessem de ajudar a encontrar uma vacina, então podíamos não encontrar uma", conta ao jornal. 

Os voluntários vão receber o ChAdOx1 nCoV-19, uma versão enfraquecida do vírus que causa constipações em chimpanzés mas não causa a doença em humanos. A ideia é que o contacto com o ChAdOx1 nCoV-19 encoraje as nossas células a produzir os "picos" que caracterizam o exterior dos coronavírus (e lhes dão o seu nome tornando-os semelhantes a coroas). Desta maneira, os sistemas imunitários dos voluntários conseguem reconhecer as proteínas e lutar contra o novo coronavírus, se forem infetados no futuro. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais