Covid-19 em Espanha: Sobe ligeiramente número de mortos em 24 horas

Leonor Riso , Lusa 20 de maio de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas

Ao todo, morreram 27.888 pessoas em Espanha. Há 232.555 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus. 

Nas últimas 24 horas, morreram 95 pessoas em Espanha devido à Covid-19. Trata-se de um ligeiro aumento, quanto às 83 vítimas mortais registadas de segunda para terça-feira. Mas pelo quarto dia consecutivo os óbitos ficam abaixo dos 100.

Reuters

Ao todo, morreram 27.888 pessoas em Espanha. Há 232.555 casos confirmados (na terça-feira, registaram-se 232.037).

Os dados diários indicam ainda que, nas últimas 24 horas, foram hospitalizados 193 doentes, aumentando para 124.616 o total de pessoas que até agora precisaram de ser internadas.

O parlamento espanhol deverá autorizar hoje ao fim da tarde a proposta do Governo de extensão por mais duas semanas, até 07 de junho, do estado de emergência em vigor desde 15 de março último.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, pediu esta manhã desculpas pelos erros cometidos no combate à covid-19 e unidade para chegar à "vitória" contra a pandemia, ao intervir esta manhã no debate parlamentar que antecedeu a votação.

O chefe do Governo sublinhou que pode ter havido falhas explicadas pela "urgência dos tempos, à falta de recursos e à excecionalidade e ausência de precedentes".

O plano de alívio das medidas de luta contra o novo coronavírus prevê o levantamento gradual do confinamento numa série de fases que deverão terminar em finais de junho, com a chegada a uma "nova normalidade".

A maioria da população do país, cerca de 70%, já se encontra na "fase um" desse plano desde segunda-feira, mas as regiões mais atingidas pela pandemia de covid-19, que incluem a comunidade de Madrid, a área metropolitana de Barcelona e grandes zonas de Castela e Leão, mantêm-se numa etapa intermédia chamada "fase 0,5".

Espanha é o segundo país com mais mortos com a covid-19 por cada milhão de habitantes (594 óbitos), depois da Bélgica (790) e antes da Itália (532), Reino Unido (521) e França (429), numa lista em que os Estados Unidos têm 283 e Portugal 124.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 323 mil mortos e infetou quase 4,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial, num "grande confinamento" que vários países já começaram a aliviar face à diminuição dos novos contágios.

 

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais