A investigadora portuguesa que está a tornar o mundo da ciência mais "verde"

Cátia Andrea Costa 30 de maio de 2020

Cristina Azevedo tem ajudado a reduzir a utilização de plástico nos laboratórios de investigação. Só no ano de 2018, evitou que 252 mil tubos de plástico fossem parar ao lixo.

O desperdício de plásticos nos laboratórios de investigação foi sempre um assunto que preocupou Cristina Azevedo, atualmente diretora do departamento de Biopesticidas do InnovPlantProtect  (InPP), um novo Laboratório Colaborativo sedeado em Elvas. A ideia foi maturando até que, em 2016, o desafio ideal para as suas ambições surgiu.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais