Especiais Especiais C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

ISEG, uma avenida para o futuro

A centenária Escola do Quelhas procura encontrar soluções para os problemas atuais e garantir que o futuro não nos vai escapar.

15 Junho 2022 11:31

Além de ser a primeira escola, é mesmo uma escola de primeiros. Clara Raposo, presidente da instituição, afirma orgulhosa: “Os maiores gestores, empresários e economistas portugueses passam pelo ISEG. Temos orgulho na nossa imagem de marca de rigor quantitativo e somos, simultaneamente, uma escola que leva muito a sério um dos seus mais importantes valores: a solidariedade”.

O ISEG recusa formatos. Cada aluno tem a liberdade para evoluir de acordo com a sua personalidade. “Não queremos ‘iguais’. Queremos dar a cada um a melhor visão e bagagem para a viagem que decida fazer a seguir no mundo da economia e da gestão”, salienta Clara Raposo. Escola que “ensina de verdade e que é humana de verdade”, o ISEG está alinhado com os Objetivos de Sustentabilidade da ONU. “Somos Open Minds e queremos que cada estudante tenha conhecimento e força para agarrar o futuro”, adianta.

Quando nasceu em 1911, a Escola tinha um nome diferente. Hoje chama-se Instituto Superior de Economia e Gestão, é conhecido pela sigla ISEG e faz parte da Universidade de Lisboa, a maior do país. Tem também designação em inglês: Lisbon School of Economics and Management, dando resposta à sua abertura ao mundo, onde ganha destaque a cada dia que passa.

No ano em que celebra a provecta idade de 111 anos, o ISEG foi brindado com o melhor dos presentes: a notícia da sua estreia no Ranking das 50 melhores escolas do mundo a formarem executivos, segundo o prestigiado Financial Times. Um troféu que se junta ao do Master in Finance, no Top mundial do mesmo FT desde 2020. Já este ano, também a Universidade de Lisboa e o ISEG foram classificados com #1 entre as instituições portuguesas no Ranking SCIMAGO nas áreas de Economia, Econometria e Finanças e de Business, Management and Accounting, graças à produção científica dos seus professores e investigadores.




O ISEG estreou-se no ranking das 50 melhores escolas do mundo a formarem executivos.




Este reconhecimento internacional resulta de uma reinvenção permanente. Olhar para o passado para projetar o futuro. “A nossa investigação e os nossos cursos procuram transmitir, com todo o rigor, o saber acumulado ao longo de séculos. Mas, principalmente, a nossa Escola debruça-se, de forma corajosa, sobre os novos temas que abalam as vidas dos mais novos e dos mais velhos, dos mais capazes e dos mais excluídos, dos que querem fazer das nossas cidades, do nosso país, do nosso planeta, uma casa melhor no futuro”, explica Clara Raposo. No ISEG, adianta, o desafio é diário. “A nossa missão é, mais do que nunca, encontrar soluções para os problemas atuais e garantir que o futuro não nos vai escapar”. Da mesma forma que prepara gestores e líderes empresariais com os melhores padrões internacionais, o ISEG reafirma a marca de universidade pública. Propósito? “Servir os portugueses, desenvolvendo pessoas e empresas mais capazes, uma economia de qualidade, mais próspera, e uma sociedade mais justa e com esperança”.

A Escola do Quelhas revê-se nos perfis diversos dos seus Alumni. Aqui se honra o legado de Pereira de Moura, Bento de Jesus Caraça e Pinto Barbosa, com o foco nos jovens estudantes que “desenharão e saberão construir um futuro maior”. Por aqui se diz que “na nossa rua cabe o mundo, no sólido trabalho diário e na alegria da celebração dos dias importantes”. A Rua do Quelhas, tão próxima da Rua da Esperança, é uma Avenida para o Futuro.




Clara Raposo, presidente do ISEG



Novidades


Uma parceria com a Columbia Business School, segunda melhor escola de negócios do mundo, de acordo com o Ranking do Financial Times, permite ao ISEG lançar este ano o programa executivo Strategic Leadership Program. Formação única no seu género, dirige-se a CEO’s de empresas, C-suite Level e executivos de elevado potencial. Nos mestrados, o ISEG arranca para a 3ª edição de Law & Management na Universidade de Lisboa em parceria com a Faculdade de Direito e com uma oferta muito variada em Gestão, Economia e Data Science: 20 mestrados, 11 em inglês e nove em português. Destaca-se o Master in Finance, campeão CFA em 2022 e presença no Top 35 mundial do FT, bem como mestrados em áreas afins, como Mathematical Finance, Accounting, ou Monetary and Financial Economics. Na Economia, as opções são vastas, vão desde o geral Economics até ao mais específico Desenvolvimento e Cooperação Internacional. Para os mais techy e quantitativos existe o Mestrado em Applied Econometrics and Forecasting e o reputado Master in Actuarial Science para quem tem interesses nas áreas de risco e seguros.

Nas licenciaturas, mantém-se o “pacote-estrela”, com Economia e Gestão (em português ou inglês), Finanças em inglês e MAEG (Matemática Aplicada), licenciatura com a média mais alta de entrada do país nas áreas da Economia e Gestão.

Outros Conteúdos