C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Tem uma saúde de ferro?

No Dia da Anemia, descubra quais os sintomas que não deve ignorar. Esteja especialmente atento às crianças e aos idosos!

26 Novembro 2020 09:57

Sentir-se cansado, nalgum momento da sua vida, é natural. Por excesso de trabalho, por stress acumulado, por alguma mudança na rotina ou por um esforço adicional a que não estava habituado. Mas estar cansado é, ou deve ser uma exceção, e não uma regra. Dos mais novos aos mais velhos, é extremamente importante avaliar a intensidade e a duração do tal cansaço: se se tornar excessivo, ou demasiado prolongado, pode ser um sintoma e não uma consequência.

A tal sensação de cansaço é muitas vezes causada por uma deficiência de ferro, o que pode levar à anemia. Avaliar os vários sintomas, não desvalorizar e procurar ajuda especializada faz toda a diferença. Com uma análise ao sangue, o seu médico conseguirá detetar se há algum problema e facilmente corrigir os baixos níveis de ferro no sangue.

Avalie os sintomas


O sinal mais precocemente detetado da anemia é o cansaço, que se vai prolongando mesmo com uma correta alimentação, um bom descanso e com atividade física adequada. Mas há outros sintomas, que poderão indiciar um estado já mais avançado, e que exigem a análise do médico.




Destaque: Em Portugal, 1 em cada 3 pessoas tem deficiência de ferro e 1 em cada 5 tem anemia.


Alguns dos sintomas são visíveis, mas outros são apenas sentidos pelo próprio, pelo que é muito importante estar atento a algumas queixas, sobretudo das crianças e dos idosos. Queixas constantes de dores de cabeça, perda de apetite, dificuldades de concentração, alterações do sono, irritabilidade e depressão podem facilmente ser associadas a outras patologias, mas são também sinais importantes de anemia.

A somar a estes sintomas, há outros que poderão mais facilmente ser controlados, como palidez, unhas quebradiças, tonturas, ritmo cardíaco acelerado, tensão arterial baixa e extremidades frias. Muito importante: estes sintomas não precisam de existir todos em simultâneo, nem tão pouco de se manifestar todos, para estar perante um quadro de anemia. 

Porquê tanto cansaço?


O ferro é um nutriente essencial no funcionamento do corpo - física e mentalmente. Está presente na hemoglobina, uma substância que faz parte da composição dos glóbulos vermelhos, e é responsável pelo transporte de oxigénio dos pulmões para o resto do corpo.

Isto significa que, ao haver uma baixa de ferro, o transporte de oxigénio é também reduzido ou comprometido. Como sabe, todos os órgãos do corpo precisam de oxigénio - do cérebro aos músculos, é crucial para manter a concentração, a energia, o sistema imunitário saudável e apto ao combate de infeções.

Desta forma, apenas com uma baixa de ferro, compromete-se todo o funcionamento dos vários sistemas do corpo humano, motivo pelo qual esta deficiência se reflete em vários sintomas tão distintos e tão generalizados.

Como posso saber os valores de ferro?


Para perceber quais os valores de ferro no organismo e perceber se está ou não com uma deficiência de ferro ou anemia, deve pedir ao médico para fazer análises clínicas, um hemograma.  Pode também perceber qual a quantidade de reservas de ferro, através de um indicador designado por ferritina.

Depois das análises, é importante que seja feita uma leitura informada, através do seu médico, e não um autodiagnóstico.  Ainda assim, há alguns indicadores que poderá guardar como referência. Segundo a Direção Geral de Saúde, há uma situação de anemia quando o valor de hemoglobina é inferior a 12 g/dL no sexo feminino e 13 g/dL no masculino. Considera-se que há uma deficiência de ferro quando o valor de ferritina é inferior a 30 ng/mL em adultos.

Existe tratamento?


Sim. Dependendo da gravidade do diagnóstico, o seu médico iniciará o tratamento mais indicado para a correção dos níveis de ferro, sendo em alguns casos um tratamento com ferro endovenoso

Se desconfia que está com anemia ou deficiência de ferro, ou se desconfia de alguns sintomas dos seus familiares mais próximos, deve procurar ajuda especializada.

No Dia da Anemia, esteja atento aos sintomas para manter uma saúde de (e com!) ferro. Descubra mais em www.umasaudedeferro.pt