C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo premiado em Londres

Os The Drinks Business Green Awards distinguem iniciativa da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana de melhoria da sustentabilidade nas atividades de vitivinicultura da região.

16 Dezembro 2020 10:57

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) foi galardoado na 11.ª edição do The Drinks Business Green Awards, que decorreu no início de dezembro.

Este evento internacional, organizado pela revista Drink Business, com sede em Londres, distingue as organizações e empresas líderes no caminho para a sustentabilidade e a melhoria do desempenho ambiental do setor do vinho e bebidas espirituosas.

Promovido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), o PSVA está a contribuir para mitigar o consumo de recursos e potenciar poupanças financeiras no setor vitivinícola alentejano, tornando-o, ao mesmo tempo, mais apto para enfrentar as crescentes exigências globais de sustentabilidade da economia e da sociedade.


Princípios de sustentabilidade

O mercado interno português e da União Europeia (UE), incluindo a  Escandinávia, e os externos, como o Canadá, Estados Unidos, Brasil ou Suíça, exigem cada vez mais garantias da aplicação de princípios de sustentabilidade aos produtos e à forma como são produzidos, embalados e comercializados. É uma tendência crescente à medida que os países, as empresas e as instituições vão adotando medidas de mitigação das emissões de gases com efeito de estufa, de diminuição da deposição de resíduos poluentes, em paralelo com um melhor uso da água, o aumento da eficiência energética ou a aposta nas fontes renováveis para suprir as necessidades em energia da atividade humana.

Com esta distinção, atribuída pela Drink Business, o PSVA contabilizou oito galardões nos últimos três anos. Destacam-se os Prémios Europeus de Promoção Empresarial, uma iniciativa da Comissão Europeia (CE) coordenada, em Portugal, pelo IAPMEI. Também o título de Embaixador Europeu de Inovação Rural, pelo projeto LIAISON, uma Parceria Europeia de Inovação para a Produtividade Agrícola e Sustentabilidade lançada, igualmente, pela CE, e o Prémio Iniciativa da Revista Grandes Escolhas, atribuído no início deste ano. “Nunca uma região vitivinícola se dedicou de forma tão estruturada e complexa ao desempenho ambiental dos seus produtores”, afirma a publicação no texto que editou, na altura, sobre o PSVA.



Abrangência alargada

Prevendo a evolução do mercado e apoiando os princípios da sustentabilidade, a CVRA começou a planear o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo em 2013, lançando-o oficialmente, junto dos produtores, dois anos mais tarde. Hoje integra 426 membros, que representam 47% da área de vinha registada na Comissão Vitivinícola.

O PSVA abrange todo o ciclo produtivo do vinho no Alentejo, da vinha à adega, e todas as suas operações, e procura envolver as pessoas que trabalham no setor, direta e indiretamente, a favor das práticas sustentáveis em todos os seus atos. Premeia igualmente os produtores exemplares com selos do programa, depois de identificar o desempenho dos agentes económicos e de comparar resultados, definindo depois áreas de melhoria. 

Também disponível para os membros do PSVA que de acordo com o seu desempenho de sustentabilidade sejam elegíveis, está uma certificação de 3ª parte, que terá o seu reflexo mais direto junto do consumidor através de um selo de certificação de Produção Sustentável. 






Afirmação no mercado

Até agora, através da sugestão de boas práticas o PSVA tem contribuído, entre outros, para uma redução que vai até 30% do consumo de energia em vários produtores e de cerca de 20% do seu consumo de água. Também incentivou o aumento das taxas de reciclagem e promoveu a economia circular. Hoje 38% dos associados do programa convertem resíduos orgânicos em adubo para aplicação como fertilizante no campo, por exemplo. Para além disso, “43% dos membros já implementaram planos de gestão de rega, o que lhes permite um uso de água muito mais eficiente, e 62% monitorizam o seu consumo”, diz João Barroso, coordenador do programa. Além do impacto positivo que estas e outras medidas têm para o ambiente, a sua execução e o reconhecimento do trabalho resultante do PSVA estão ainda a contribuir para afirmar a marca Vinhos do Alentejo nos mercados interno e externo.

Alentejo à Porta 

O sabor do verdadeiro vinho alentejano está agora à distância de um clique. Só precisa de encomendar online e esperar pelo momento em que tem o Alentejo à Porta, pronto a degustar no conforto de sua casa e com a melhor companhia. 


Conteúdo patrocinado por: