Odivelas: Enfermeiros subcontratados a 4,23 euros/hora recusam trabalhar
Vários serviços de uma extensão do centro de saúde de Odivelas estão nesta segunda-feira encerrados, após todos os enfermeiros subcontratados por uma empresa, a 4,23 euros à hora, se terem recusado a trabalhar.
0
0
Odivelas: Enfermeiros subcontratados a 4,23 euros/hora recusam trabalhar
Por CM / Lusa - Correio da Manhã

Flávio Teixeira, um dos quatro enfermeiros subcontratados por uma empresa de prestação de serviços de saúde e que deveriam ter começado a trabalhar nesta segunda-feira, disse à Lusa que estes profissionais faltaram por considerar o contrato "ofensivo" para a classe. Este enfermeiro desempenha funções na extensão Odivelas A do Centro de Saúde há ano e meio, a 7,20 euros à hora, tendo o seu último contrato terminado. Apesar de terem conhecimento de que um novo contrato apontava para um valor inferior (4,23), só na sexta-feira é que os enfermeiros consultaram o documento, tendo em seguida informado o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) do mesmo. Os quatro enfermeiros nestas condições decidiram não iniciar funções, tendo faltado esta segunda-feira ao serviço. Como consequência, esta extensão apenas conta com duas enfermeiras que estão nos quadros, tendo a ausência dos quatro profissionais subcontratados levado ao fecho dos serviços de saúde infantil, saúde materna e vacinação.
Partilha o artigo
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para comentar.
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
Assine SÁBADO versão Tablet
SÁBADO Epaper
Edição nº 556
23 a 29 de Dezembro de 2014
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da PRESSELIVRE - Imprensa Livre, S.A., uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.