Mário Soares: Este Governo não é legítimo nem democrata
Política
0
0
Mário Soares: Este Governo não é legítimo nem democrata
 O antigo Presidente da República acusa o Executivo de Pedro Passos Coelho de destruir Portugal, ignorar a democracia e não ouvir nem dialogar com os portugueses. “O Governo tem que se demitir. Esta é a boa oportunidade para o fazer”, defende.
Num artigo de opinião no jornal “Público”, a propósito da manifestação do passado dia 2 de Março organizada pelo movimento “Que se lixe a troika”, Mário Soares escreve que o “Governo perdeu a legitimidade democrática, porque não tem sensibilidade quanto aos que sofrem e não ouve ninguém”.

“O Governo raramente diz o que faz, nunca definiu uma estratégia clara para combater a crise e nunca se deu ao trabalho de explicar aos portugueses porque insiste na austeridade que só nos conduziu à desgraça”, acusa o antigo Presidente da República neste artigo intitulado “E agora?”

"Este Governo não é legítimo nem democrata. Pelo contrário, está contra o povo, é inimigo dos pobres, está a destruir a classe média, acha que as melhores cabeças, saídas das nossas excelentes universidades devem emigrara", acusa Soares.

Para Mário Soares está é uma “boa oportunidade” para o Governo se demitir, “antes que o Tribunal Constitucional se pronuncie, os portugueses se enfureçam e a democracia desapareça. “Porque se não for a bem – enquanto o ‘Povo é sereno’ -, será a mal, com o povo indignado, como sucedeu no fim da monarquia”.
Partilha o artigo
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para comentar.
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
Assine SÁBADO versão Tablet
SÁBADO Epaper
Edição nº 556
23 a 29 de Dezembro de 2014
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da PRESSELIVRE - Imprensa Livre, S.A., uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.