Diogo Amaral e Vera Kolodzig estão separados
Os dois actores anunciaram a separação através das redes sociais
Diogo Amaral e Vera Kolodzig estão separados
Os dois actores anunciaram a separação através das redes sociais
  • Partilhe
Diogo Amaral e Vera Kolodzig estão separados
Diogo Amaral e Vera Kolodzig anunciaram esta teça-feira, através das redes sociais, que estão separados. Os dois actores têm um filho em comum, Mateus, fruto da relação de cerca de seis anos. 

"Eu e a Vera, queremos partilhar convosco, que nos seguem e sempre nos respeitaram, que decidimos separar-nos. Os bons momentos farão sempre parte das nossas vidas. Pedimos que respeitem a nossa decisão nesta fase delicada para nós e para o Mateus", começou por escrever o actor na rede social Facebook. 

Diogo Amaral esclareceu ainda que Vera Kolodzig vai ser sempre "uma pessoa muito especial". "Somos e seremos sempre amigos e a Vera será sempre uma pessoa muito especial para mim, por todas as razões e acima de tudo por ser a mãe do meu filho", frisou. 

Junte-se aos nossos fãs.
SÁBADO, pense por si

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Enviar o artigo: Diogo Amaral e Vera Kolodzig estão separados
Comentários

nas redes
Segue Sábado.pt
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição n.º 664
19 a 25 de Janeiro
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media, uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
nas redes
amigos
120479 amigos
Dispositivos
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.