O show de Berlusconi e a tragédia do fax de Macau
A partir de Belém, Soares quis montar um império da comunicação social. O sonho ruiu, num escândalo de alegada corrupção que ainda hoje está por explicar
O show de Berlusconi e a tragédia do fax de Macau
A partir de Belém, Soares quis montar um império da comunicação social. O sonho ruiu, num escândalo de alegada corrupção que ainda hoje está por explicar
  • Partilhe
O show de Berlusconi e a tragédia do fax de Macau

Mário Soares ainda cumpria o seu primeiro mandato como Presidente da República mas já pensava no segundo. Não lhe passava pela cabeça viver menos de uma década no Palácio de Belém - e, concluiu, nunca o conseguiria se não tivesse o apoio de um grupo de comunicação social. Problema: por aqueles dias, Soares considerava que a imprensa lhe era hostil. Solução que encontrou: promover a criação do seu próprio grupo, que funcionasse como uma espécie de ponta de lança da sua agenda política – e se, pelo caminho, ainda fosse possível fazer algum dinheiro para financiar o Partido Socialista (PS), tanto melhor. Foi assim que nasceu a Emáudio.

Para ficar à frente da empresa, o Presidente, que formalmente não podia ter nada a ver com o projecto, escolheu um homem da sua total confiança: Rui Mateus, seu braço-direito e presidente da Fundação para as Relações Internacionais (FRI) [uma entidade inspirada por Soares, alegadamente criada para gerir interesses ligados a si e ao financiamento do PS], que ficou com 60% do capital. Os restantes 40% foram divididos por oito sócios, todos próximos de Soares, como eram os casos de Carlos Melancia, João Soares ou Almeida Santos.

Junte-se aos nossos fãs.
SÁBADO, pense por si

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Enviar o artigo: O show de Berlusconi e a tragédia do fax de Macau
Comentários

nas redes
Segue Sábado.pt
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição n.º 664
19 a 25 de Janeiro
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media, uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
nas redes
amigos
120447 amigos
Dispositivos
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.