Saint-John Perse: O poeta-diplomata a quem tudo corria bem
Habitarei o Meu Nome já está à venda e reúne vários poemas do escritor francês
Saint-John Perse: O poeta-diplomata a quem tudo corria bem
Habitarei o Meu Nome já está à venda e reúne vários poemas do escritor francês
  • Partilhe
Saint-John Perse: O poeta-diplomata a quem tudo corria bem
Pessoa escreveu, por intermédio do seu heterónimo Alberto Caeiro, que "a maior riqueza é ver". Não há indícios de que Saint-John Perse, Nobel da Literatura em 1960, o tenha lido, mas a sua poesia mostra que conhecia a lição: foram as suas viagens, a observação de povos e terras diversas, que decerto lhe inspiraram os versos, sempre impregnados de mundo.

Foi já com um livro de poemas publicado, sob o pseudónimo Saintleger (depois mudado para Saint-John Perse), que Alexis Leger - nascido em 1877 numa família abastada do arquipélago de Guadalupe, nas Antilhas, de onde saiu, com os pais, aos 12 anos - passou com distinção nos exames de acesso ao Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, iniciando uma carreira fulgurante como diplomata, que o levou até à China. Aí morou, e escreveu, de 1916 a 1921, mas desse tempo quase nada escapou à busca que a Gestapo de Hitler lhe fez à casa em 1940, levando-lhe todos os manuscritos.

Por essa altura já Saint-John Perse, viajante incansável, sempre solitário, tinha visitado o Japão, as ilhas Fiji e toda a costa ocidental da América, do México ao Canadá. E tinha publicado, em 1936, um texto que propunha a constituição de uma União Europeia em tudo idêntica à que foi redigida em 1957, na criação da CEE. No entanto, a ascensão de Hitler (para quem era um alvo a abater) afastou-o das viagens diplomáticas e (apesar das pressões de Churchill, Roosevelt e De Gaulle) da própria diplomacia. Foi no exílio, nos Estados Unidos, que se assumiu finalmente como poeta.

Junte-se aos nossos fãs.
SÁBADO, pense por si

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Enviar o artigo: Saint-John Perse: O poeta-diplomata a quem tudo corria bem
Comentários

nas redes
Segue Sábado.pt
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição n.º 664
19 a 25 de Janeiro
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media, uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
nas redes
amigos
120591 amigos
Dispositivos
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.