Orhan Pamuk: “Antes, tinha três guarda-costas. Agora só tenho um”
O Nobel da Literatura turco tem novo livro e falou em exclusivo à SÁBADO sobre o que lá vem dentro: casamentos arranjados, golpes de estado, vigaristas e vendedores de rua
Orhan Pamuk: “Antes, tinha três guarda-costas. Agora só tenho um”
O Nobel da Literatura turco tem novo livro e falou em exclusivo à SÁBADO sobre o que lá vem dentro: casamentos arranjados, golpes de estado, vigaristas e vendedores de rua
  • Partilhe
Orhan Pamuk: “Antes, tinha três guarda-costas. Agora só tenho um”

Há 10 anos, Orhan Pamuk recebia o prémio Nobel da Literatura, o único para um autor do seu país, numa altura em que era perseguido e julgado por delito de opinião: falou do Genocídio Arménio de 1915, tema tabu na Turquia. A conversa com a SÁBADO, via Skype a partir da sua casa em Nova Iorque, começou e acabou a falar do Nobel, mas pelo meio houve Uma Estranheza em Mim.

O mais recente livro de Pamuk conta a vida de Mevlut Karatas, honesto vendedor de boza nas ruas de Istambul à mercê de todo o tipo de mafiosos e vigaristas que cresceram com a modernização da cidade. É uma personagem peculiar, que se apaixona por uma mulher, planeia fugir com ela, mas é enganado e acaba ao lado da irmã dela. E é feliz na mesma.

Junte-se aos nossos fãs.
SÁBADO, pense por si

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Enviar o artigo: Orhan Pamuk: “Antes, tinha três guarda-costas. Agora só tenho um”
Comentários

nas redes
Segue Sábado.pt
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição n.º 664
19 a 25 de Janeiro
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media, uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
nas redes
amigos
120348 amigos
Dispositivos
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.