Um palco para Alexandra Lencastre
A actriz regressa ao teatro num clássico encenado por Diogo Infante
0
Um palco para Alexandra Lencastre
A actriz regressa ao teatro num clássico encenado por Diogo Infante
  • Partilhe
0
Um palco para Alexandra Lencastre
Um Eléctrico Chamado Desejo, de Tennessee Williams é uma das peças mais importantes do século XX e muitas gerações de actrizes sonharam interpretar a personagem principal: Blache BuBois, uma mulher trágica, filha de boas famílias, que vive de aparências e não consegue lidar com a decadência física, moral e financeira que tomam conta da sua vida. Agora chegou a vez de Alexandra Lencastre dar vida a este papel no palco do Teatro Nacional Dona Maria II, em Lisboa, com encenação de Diogo Infante.

No cinema a personagem ficou imortalizada por Vivien Leigh, que fez par com Marlon Brando, quando ambos estavam no auge das respectivas carreiras. O filme foi tão marcante que ficou também rotulado como um clássico do cinema. Talvez por isso mesmo, tanto o encenador Diogo Infante como a protagonista tenham decido não rever o filme, para não serem influenciados pela obra realizada por Elia Kazan.

O cenário da acção é uma modesta casa em Nova Orleães, onde mora Stella, irmã mais nova da protagonista, e o seu marido, Stanley Kowalski. Blanche "aterra" neste lar decrépito, pobre e sujo depois de perder a luxuosa propriedade da família, afundada em dívidas e carregando um baú roupas finas mas gastas, restos de um esplendor passado.

O estilo snob e arrogante da protagonista rapidamente entram em choque com a franqueza rude do seu cunhado e Blanche é obrigada a confrontar-se com os sinais da sua decadência, onde o luxo ficou definitivamente para trás.

No Teatro Dona Maria, Alexandra Lencastre dá uma verdadeira lição da arte de representar, mostrando que os doze anos de afastamento dos palcos não beliscaram a sua capacidade de cativar as plateias, tal como consegue fazer com os espectadores de televisão, que a têm premiado com audiências elevadas nas telenovelas onde participa.

Com um cenário sóbrio e convincente, onde as sábias mudanças de luz pontuam a alternância e dramatismo das cenas, e tendo como parceiros de representação Albano Jerónimo (Stanley) e Lúcia Moniz (Stella), Alexandra Lencastre é guiada por Diogo Infante para aquele que será certamente um dos pontos altos da sua carreira. A protagonista, mulher frágil mas altiva, promíscua mas carente de amor, enche o palco graças ao talento e técnica de uma das melhores actrizes portuguesas da actualidade. Estreia dia 9 de Setembro. Recomenda-se.
Partilha o artigo
Enviar o artigo: Um palco para Alexandra Lencastre
Comentários

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

nas redes
Segue Sábado.pt
Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição n.º 587
30 de Julho a 5 de Agosto
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media, uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
nas redes
amigos
69096 amigos
Dispositivos
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.