Afonso Dias condenado pelo rapto de Rui Pedro
Justiça
0
0
Afonso Dias condenado pelo rapto de Rui Pedro
Afonso Dias foi condenado esta segunda-feira, pelo Tribunal da Relação do Porto, a três anos e meio de prisão efectiva pelo rapto de Rui Pedro – no dia em que se assinalam 15 anos desde o desaparecimento do jovem de Lousada.

Em 2012, o Tribunal de Lousada tinha absolvido o arguido por considerar que havia falta de provas, mas a família de Rui Pedro, assim como o Ministério Público, recorreu dessa decisão.

Perante esta decisão, o advogado de Afonso Dias, Paulo Gomes, admite recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça. "O processo nunca foi fácil para nós e iremos continuar a bater-nos para provarmos que o Afonso não tinha nada a ver com isto", afirmou.

Já o advogado da família de Rui Pedro afirma-se satisfeito porque, ao fim de 15 anos, "foi feita justiça".

"O acórdão veio alterar a matéria de facto dada como provada pela primeira instância e veio reconhecer que aquele miúdo que esteve com a Alcina Dias naquela tarde foi o Rui Pedro e quem lá o levou foi Afonso Dias", frisou Ricardo Sá Fernandes.

"É um dia muito importante para todos nós, mas é sobretudo um dia muito importante para o Rui Pedro. Ele pode estar vivo e nós vamos continuar a procurá-lo. Se não estiver vivo, a memória dele merece que continuemos à procura de saber o que lhe aconteceu", concluiu o advogado.
Partilha o artigo
Enviar o artigo: Afonso Dias condenado pelo rapto de Rui Pedro
Comentários

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição nº 565
26 de Fevereiro a 4 de Março
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da PRESSELIVRE - Imprensa Livre, S.A., uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.