CP: adesão à greve é "quase total"
Sociedade
0
0
CP: adesão à greve é "quase total"
O coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), José Manuel Oliveira, disse esta quarta-feira que a adesão à greve dos trabalhadores da CP está a ser "significativa, quase total", cumprindo-se apenas os serviços mínimos.

"Os comboios que estão a circular são os que estão inseridos nos serviços mínimos. Neste momento, tirando isto [serviços mínimos] a adesão é total. Todo o serviço comercial da CP está encerrado, as bilheteiras e só há meia dúzia de comboios a circular inseridos nos serviços mínimos", disse, num balanço feito à Lusa às 07h00.

José Manuel Oliveira adiantou que os resultados que possui neste momento dizem respeito ao turno que começou às 22h00 de terça-feira.

"Quanto aos comboios de mercadorias, regista-se uma paralisação total desde as 00h00 uma vez que aqui não há serviços mínimos", adiantou.

Na opinião de José Manuel Oliveira, a situação ao longo do dia "deverá manter-se igual, ou seja, serão efectuados apenas os serviços mínimos", referiu.

Também fonte da CP disse esta manhã à agência Lusa que os serviços mínimos estão a ser cumpridos, tendo circulado até às 06h00, 29 comboios por todo o País, incluindo dois urbanos em Lisboa e um em Coimbra.

A greve da CP está inserida numa semana de luta dos trabalhadores do setor dos transportes que se prolonga até sábado, estando prevista a realização de vários plenários e paralisações em várias empresas públicas e privadas.

Além da CP, também os trabalhadores da Scotturb, rede de transporte nos concelhos de Cascais, Oeiras e Sintra, aderem hoje ao protesto com um dia de paralisação.

A Carris junta-se à semana de luta da Fectrans com um plenário de trabalhadores reformados em frente ao Ministério da Economia, na quinta-feira, às 10h00.

Na sexta-feira, a paralisação afecta a Transportes Sul do Tejo (TST), com plenários no Laranjeiro, Setúbal, Sesimbra e Montijo, e a Rodoviária de Lisboa, com concentração junto à administração da empresa.

A semana de luta termina no sábado com uma manifestação nacional, com concentração no Largo Camões, às 14h30, até à Assembleia da República.
Partilha o artigo
Enviar o artigo: CP: adesão à greve é "quase total"
Comentários

Comentários
Nome *
Email *
Localidade *
Anónimo
O seu comentário *
Está a submeter o seu comentário a esta notícia através do IP . Como não tem o login efectuado, o seu comentário está limitado a 300 caracteres e será alvo de moderação, pelo que não será publicado de imediato. Se comentar depois de efectuar login, beneficia de um conjunto de funcionalidades exclusivas para leitores registados.
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente.

Revista SÁBADO
Assine a revista SÁBADO
SÁBADO versão Epaper
A minha conta SÁBADO
Edição nº 574
30 de Abril a 6 de Maio de 2015
Copyright ©
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da PRESSELIVRE - Imprensa Livre, S.A., uma empresa Grupo Cofina Media SGPS, S.A..
Obrigado por ler a SÁBADO
;)
     
     
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login
Caso não esteja registado no site do Record, efectue o seu registo gratuito.