Você está em:Pessoas

Vídeos

Auto-entrevista

João Pereira Coutinho

30-06-2010

Quando a selecção nacional venceu a Coreia do Norte por 7-0 no Mundial, João Pereira Coutinho escreveu uma crónica no Correio da Manhã onde defendia que este resultado tinha sido a pior coisa que podia ter acontecido a Portugal por causa da "euforia" que ia gerar em torno dos jogadores: "É como entregar as chaves de um Ferrari a um bêbado".

No dia seguinte, Carlos Queiroz enviou-lhe uma mensagem para o telemóvel onde respondia: "A um bêbado não, mas a um drogado..."

Uma história verdadeira que levou o cronista a acusar-se a si mesmo de "lançar boatos" sobre a relação dele com a selecção. Mas o que tornou a discussão verdadeiramente intensa entre os "dois" foi a cabeça de João Pereira Coutinho: "Você com essa testa não devia fazer televisão..."

Veja os papéis, de jornalista e de entrevistado, que Pereira Coutinho desempenhou em exclusivo para a SÁBADO online no novo espaço lounge do hotel Corinthia, em Lisboa.

Saiba ainda como foi realizada a Auto-Entrevista.  

Entrevista de João Pereira Coutinho, coordenação de Jaime Martins Alberto e imagem de Joana Mouta

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Mais pessoas





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.