Você está em:Multimédia / Vídeos

Vídeos

Dinheiro

Sócrates investigado por negócio imobiliário em Paris

01-08-2014

VÍDEO: Veja a peça que passou na CMTV sobre a equipa de investigadores que procura apurar a origem do dinheiro que suportou a compra

Por Neg. 

A Justiça portuguesa está a investigar a compra, por três milhões de euros, da casa em que José Sócrates viveu em Paris. A notícia faz capa na edição desta sexta-feira, 1 de Agosto, do 'Correio da Manhã'.

De acordo com a publicação, uma equipa de investigadores liderada pelo procurador Rosário Teixeira procura apurar a origem do dinheiro que suportou a compra bem como o proprietário efectivo do imóvel.

As pistas foram obtidas pelo Ministério Público a partir de elementos detectados no processo Monte Branco, em que é visado o primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa. Contudo, o negócio da compra da habitação na capital francesa passou a ser investigado num processo autónomo, esclarece o diário.

Para além do antigo líder do PS e do primo, um dos visados é também o administrador do Grupo Lena Carlos Manuel Santos Silva, comprador de três casas à mãe de José Sócrates pelo montante de 700 mil euros.

A 30 de Julho, a revista SÁBADO tinha avançado que o ex-primeiro-ministro estaria entre os suspeitos do caso Monte Branco, tendo estado sob vigilância há vários meses.

No mesmo dia, a Procuradoria-Geral da República emitiu um comunicado a informar que Sócrates "não está a ser investigado nem se encontra entre os arguidos constituídos no Processo Monte Branco". Na RTP, Sócrates definiu a história como "difamação".

Mas o comunicado da PGR não desmente a notícia da SÁBADO. Saiba mais aqui.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Galerias de vídeos





Notícias

Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.