Você está em:Multimédia / Vídeos

Vídeos

Acidente na Rampa da Penha

06-10-2009

A ânsia de fazer um melhor tempo levou a que Martim conduzisse o Seat Ibiza nos limites. Aos 17 anos, o piloto tentava a melhor volta ao circuito da rampa da Penha, em Guimarães, quando perdeu o controlo do carro e as rodas ficaram presas numa valeta. Acabou por atingir cinco espectadores que estavam numa zona protegida da pista. Apesar do aparato do acidente, só um dos seis feridos – incluindo o piloto – sofreu lesões graves.

Todos foram encaminhados para o Hospital de Guimarães, pelas 13h00 de ontem, mas apenas António Salgado, de 57 anos, inspirava maior preocupação. Tinha uma fractura exposta na perna e foi alvo de uma cirurgia. O irmão Manuel Salgado, de 61 anos, sofreu uma lesão renal e está sob vigilância médica. Carlos Rodrigues, de 41 anos, Marc Emmanuel, de 21, João Castro e Martim Ferreira, o piloto de 17, sofreram apenas ferimentos ligeiros e tiveram alta poucas hora depois.
 
“Isto é fruto da competição. O Martim é piloto desde os seis anos e conduz muitíssimo bem. Depois de uma curva, entrou numa valeta e perdeu o controlo do carro. Não conseguiu evitar o embate”, disse o pai do jovem piloto, António Ferreira.
 
Entre os feridos ouvidos pelo CM todos ilibam Martim de qualquer responsabilidade . “Isto sucedeu na zona mais rápida da prova e ele estava a fazer tudo para ganhar a prova. É um bom piloto, mas nada podia fazer para evitar o acidente. Estávamos 50 pessoas no local, mas só cinco foram apanhados”, disse Carlos Rodrigues, um dos feridos e também membro de uma das equipas em competição.
Já David Carvalho, que também  esteve envolvido no acidente mas não ficou ferido, ressalva que o que aconteceu “é normal nestas provas”. “Ele não teve culpa e apesar de jovem teve uma atitude muito séria e veio logo pedir desculpa a todos os feridos, ainda no local”, recordou ao CM David, enquanto o irmão Marc Emmanuel era ontem suturado numa das pernas.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

terça-feira, 6 de Outubro de 2009 - 19:31

Tiago Perneta

Se não sabem noticiar as coisas como deve ser, deixem-se ficar quietos...se não houvesse qualquer acidente nunca se falaria sobre este evento aqui, nem nas tv's nem nos jornais generalistas. Tenham vergonha e quando noticiarem alguma coisa, pelo menos não troquem nomes, nem falem sobre mais do que sabem.

terça-feira, 6 de Outubro de 2009 - 19:30

Tiago Perneta

Em primeiro lugar, o piloto não se chama Martim Ferreita, mas Martim Pereira. Segundo, a zona onde se deu o embate não era uma zona protegida da pista, mas uma zona de acesso ao troço onde se iam aglomerando os carros no final da prova para depois seguirem de novo ao inicio do mesmo após a passagem de todos os concorrentes.

Galerias de vídeos





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.