Você está em:Multimédia / Vídeos

Vídeos

Visto no YouTube

Este é o novo (velho) hino pela legalização da marijuana

24-10-2014

Lembra-se de Afroman e do êxito ‘Because I Got High’? Há uma nova versão

Por Leonor Riso 

O último êxito de Afroman data de 2001, quando muitas pessoas de todo o mundo trauteavam a canção ‘Because I Got High’, que até lhe valeu uma nomeação para o Grammy, em 2002. Depois de 13 anos sem marcar o panorama musical, o artista americano aliou-se à campanha pela legalização do consumo de marijuana e decidiu lançar uma nova versão do seu hit, em que são destacadas as qualidades do consumo da droga leve.

“Ficar ‘pedrado’ – e fazer rap sobre isso – trouxe-me onde estou agora e estarei para sempre grato por isso”, afirmou Afroman ao jornal britânico ‘The Guardian’. “Com a actual batalha política com estados a tentar legalizar a marijuana, pensei que seria uma boa altura para educar – ou clarificar – os benefícios da marijuana, que são a razão pela qual quis lançar esta nova versão da música.”

No dia 4 de Novembro, será realizada uma votação nos estados americanos do Alasca, Oregon e no distrito de Columbia, acerca da legalização do consumo da marijuana. Nos Estados Unidos da América, o uso desta droga para fins medicinais é permitido em 23 dos 50 estados do país.

‘Because I Got High (Positive Remix)’ foi criada em parceria com o Weedmaps e o NORML. A Weedmaps é uma comunidade online em que utilizadores de marijuana para fins medicinais se ligam a outros pacientes para discutir os locais onde a droga é dispensada e para avaliar os médicos que a prescrevem, na mesma região geográfica, de acordo com a informação no site oficial.

Já a NORML é uma organização que pretende influenciar a opinião pública para legalizar “o uso responsável da marijuana por adultos”.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Galerias de vídeos





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.