Você está em:Multimédia / Vídeos

Vídeos

Dinheiro

Emprego: Aprenda a "vender-se" nas entrevistas (vídeo)

08-03-2012

Por Daniel Vidal e imagem de Joana Mouta

Ana Freitas Reis prometeu o impossível à SÁBADO: “Vou convencê-los a contratar-me em apenas 5 minutos!”

Não a contratámos, até porque ela não tem interesse em ser jornalista. Mas ficámos convencidos com a especialista em comunicação da Progma e coordenadora pedagógica do novo curso de ‘Personal Branding’, que explicou ao site da SÁBADO porque é importante uma boa preparação para as entrevistas de emprego.

O objectivo por trás deste conceito é o de que “cada um de nós seja embaixador da sua marca pessoal”. O que significa que os desempregados devem aprender a “vender-se” como um produto e não se limitarem a apresentar um currículo que poucos ou nenhuns resultados trazem no mercado de emprego actual.

Uma das etapas que mais assusta quem procura emprego é a entrevista. Mas uma boa preparação pode afastar estes receios normais.

“Está provado que o sucesso numa entrevista deve-se a factores como: 50% atitude; 20% competências comunicacionais; 15% treino na função; 15% outros factores preferenciais da empresa”, garante Ana Reis.

É na entrevista que normalmente surge o primeiro contacto directo com o “alvo” – e é a oportunidade certa para mostrar que se é a pessoa ideal para o trabalho.

“Deixar uma marca inicial positiva representa, deste modo, mais de 50% do processo de recrutamento”.
O curso que vai ser leccionado pela Progma a partir de 26 de Março, propõe ensinar os interessados a ter mais sucesso nas entrevistas de emprego.

A especialista Ana Reis antecipa alguns conselhos práticos.

1. Prepare uma estratégia para a entrevista e saiba exactamente o que vai dizer.

2. Responda antecipadamente às seguintes perguntas:

O que é que a empresa vai ganhar consigo?
O que sabe/pode desenvolver?
Quais os seus factores que o diferenciam?
O seu currículo mostra resultados quantificáveis?
O seu currículo mostra como e onde dedica o seu tempo? À família? Ao desporto? A línguas estrangeiras? A voluntariado? A desenvolver competências técnicas e/ou pessoais?

3. Certifique-se que a sua imagem pessoa é adequada à empresa para a qual está a concorrer.

4. Utilize uma linguagem objectiva e positiva.

5. Preste atenção a pequenos pormenores como o olhar, a postura ou até um simples aperto de mão.

6. Verifique se o seu currículo não contém erros ortográficos.

7. Escolha uma fotografia adequada à função que pretende ocupar. Nada de fotografias na praia, cortadas, demasiado grandes ou demasiado pequenas.

8. Não imponha condições – negoceie.

9. Mostre-se flexível, entusiasmado e utilize palavras-chave como “atingir”, “desenvolver” e “coordenar”.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

quarta-feira, 28 de Março de 2012 - 21:42

Entrevistas

Acho uma boa ideia contudo e tendo em conta a realidade em que nos encontramos, deviam na rubrica sobre emprego introduzir por exemplo dicas como nós devemos agir quando as entrevistas não correm bem, isto é, quando o empregador tem atitudes menos próprias como assediar verbalmente, fisicamente ou sexualmente. Pode à partida não ter muito cabimento mas a verdade é que as coisas acontecem e é importante estarmos preparados para elas. Obrigado

Galerias de vídeos





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.