Você está em:Multimédia / Infografias

Vídeos

Desporto

Liedson: Acosta analisa ex-jogador do Sporting

21-10-2010

Os sete anos e meio de Liedson de leão ao peito chegam ao fim no próximo dia 7 de Fevereiro. O negócio vai render 2,1 milhões de euros ao Sporting pela transferência para o Corinthians, mais os cerca de 2,5 milhões relativos aos prémios e salários que não serão pagos (tinha contrato até 2012).

"A transferência do jogador Liedson da Silva Muniz terá um impacto positivo nas contas da sociedade, nos exercícios de 2010/11 e de 2011/12, de 4 679 540,00, dos quais 2 105 000 pela transferência dos direitos desportivos do jogador", pode ler-se no comunicado enviado pelo Sporting à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Embora o negócio esteja concluído entre as partes, Liedson vai manter--se no plantel até 7 de Fevereiro, dia em que termina a ligação ao Sporting. Só depois irá assinar pelo Corinthians.

O número 31 deve mesmo dizer adeus aos sócios na próxima sexta-feira com a Naval (20h15, Sport TV1), no jogo para a Liga. O avançado, de 33 anos, já terá começado a despedir-se dos muitos amigos portugueses que coleccionou ao longo da sua permanência em Portugal.

Liedson regressa assim ao Corinthians (duas épocas e 125 mil euros/mês, mais 15 mil do que recebe em Alvalade), clube que o notabilizou na arte de marcar golos e levou os leões a pagarem 3,2 milhões de euros em 2003.

O melhor marcador de sempre do Sporting na Europa (26 golos) tornou-se ainda internacional português e chegou a marcar um golo no Mundial de 2010 (na vitória, por 7-0, diante da Coreia do Norte).

"Não quero ser renumerado"

José Braz da Silva disse ontem ao CM que, caso avance com uma candidatura às eleições do Sporting (26 de Março), deixará "bem claro" que não pretende receber 40 mil euros por mês – como sucede com José Eduardo Bettencourt – se for eleito presidente. "Não quero ser remunerado. O presidente do Sporting não pode receber dinheiro do clube nem de qualquer sociedade do grupo", assegurou o empresário, de 50 anos, que até final desta semana, frisou, irá decidir se vai ou não a votos. "No caso de avançar e ganhar as eleições, serei o primeiro de um conjunto de sócios que tudo fará para ajudar o clube, a todos os níveis", acrescentou.

Sobre a venda de Liedson ao Corinthians, do Brasil, Braz da Silva recusou fazer qualquer comentário, tal como em relação à conversa que teve com Rogério Alves, no sábado à tarde, num hotel de Lisboa.

O CM soube, entretanto, que Rogério Alves quis conhecer o "alegado candidato", bem como a "validade das ideias" que tem para o Sporting, e que, depois de ambos se terem encontrado, não ficou satisfeito. "Não as considerou suficientemente consistentes", adiantou ao CM fonte próxima do antigo bastonário da Ordem dos Advogados. A mesma fonte avançou, ainda, que a possibilidade de Rogério Alves apresentar uma candidatura continua em aberto.

José Eduardo mostra ideias

José Eduardo apresentou ontem o seu projecto, denominado ‘A solução para o futebol do Sporting’.

Em 18 pontos, o empresário e antigo jogador dos leões defendeu a presença na actual estrutura de figuras ligadas aos êxitos do clube no passado, a criação de uma equipa B e um plantel com 20 jogadores.

Advogou ainda que a SAD deve ser entregue a quem percebe de futebol e que o orçamento da sociedade tem de ser escrupulosamente respeitado.
Liedson já havia representado o Corinthians antes de se mudar para Alvalade e regressa agora ao Timão, depois de sete épocas e meia em Portugal.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Galerias de infografias





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.