Você está em:Multimédia / Fotografias

Vídeos

Social

Simão vive drama

12-02-2011

Aos 31 anos, Simão Sabrosa vê a sua vida familiar desmoronar. O jogador do Besiktas, Turquia, chora a morte do pai numa altura em que o casamento com Filipa Sabrosa, de 33 anos, está por um fio e, quando mais precisa de apoio familiar, encontra-se mais distante do que nunca da mulher e dos filhos.

"Está a ser extremamente difícil para o Simão lidar com tudo isto. Os últimos meses têm sido muito duros. O pai estava internado desde o Verão e, apesar da gravidade da doença, ninguém deseja este desfecho. Além disso, o casamento [de oito anos] com a Filipa não anda nada bem. O Simão está de rastos e sem saber o que fazer", conta um amigo do craque, acrescentando que, neste momento, estar longe dos dois filhos - Mariana, de nove anos, e Martim, de sete - não está a ajudar ao seu estado de espírito.

"Esta era uma altura em que ele precisava de estar com os miúdos para ganhar forças e apoiar-se na inocência deles. Mas com a mudança para a Turquia tudo piorou. Ele já não via os filhos há sensivelmente um mês", acrescenta a mesma fonte.

A última ocasião em que Simão esteve com os filhos foi por altura do Natal. O craque passou a quadra em Lisboa mas juntou-se à família, em Vila Real, durante dois dias, viajando apenas na companhia da filha. Uma situação que causou estranheza entre os amigos mais chegados já que, no passado, tal situação nunca aconteceu.

"Na última vez que o Simão esteve em Portugal, passou mais tempo em Vila Real do que em Lisboa. Ele quis acompanhar o pai, sabendo do seu estado de saúde débil, mas a verdade é que foi só com a filha para o Norte. A mulher ficou por cá, o que noutras ocasiões jamais aconteceria. Eles sempre foram um casal unido e, quando alguma coisa corria mal, estavam sempre juntos. Desta vez não foi assim porque as coisas entre eles não estão nada bem e a união dos velhos tempos deixou de fazer sentido", explica a fonte.

BENS À VENDA
A ganhar 225 mil euros por mês, Simão Sabrosa tem proporcionado o melhor à sua família. No entanto, a compra de um andar no Estoril Sol Residence, no Estoril, deixou alguns amigos surpresos. Não por se "tratar de um bom investimento", mas sobretudo devido ao facto de o jogador se estar a desfazer de uma vivenda enorme. Simão pôs a luxuosa casa de família, inserida na Quinta Patiño, em Alcabideche, à venda, estando a pedir pelo imóvel cerca de quatro milhões de euros.

"É verdade que o apartamento não é para qualquer um. Trata-se de um dos melhores investimentos que se pode fazer, mas na sua vivenda os miúdos estão mais à-vontade. Têm um jardim para brincar livremente e uma piscina só para eles. Na nova casa não... Também é verdade que as despesas com a moradia são avultadas e ele acabará por poupar com a mudança, mas a troca não deixa de ser estranha", explica o mesmo amigo.

Para já, e como Filipa Sabrosa fez saber, a mudança de casa não é uma prioridade e a transição pode ser feita de forma tranquila. Mas o que incomoda o futebolista é a inconstância da sua vida conjugal, que se agravou com a ida do jogador para a Turquia. Segundo o que a Vidas apurou, a decisão de mudança foi tomada exclusivamente por Simão, já que a mulher sempre foi contra a ida para Istambul.

"A Filipa acha que, com esta mudança, o Simão está a negligenciar o casamento. Uma coisa era quando ele vivia em Madrid, que é perto e dava para manter a relação com constantes visitas de parte a parte. Agora com ele a viver na Turquia, a realidade é completamente diferente", diz o amigo do jogador, reforçando que, a partir do momento em que o jogador começou a vestir a camisola do Besiktas, "a relação voltou a esfriar".

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Galerias de fotografias





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.