Você está em:Multimédia / Fotografias

Vídeos

Dinheiro

BES contesta medida de saneamento tomada pelo BESA

30-10-2014

Representante do “banco mau” foi impedida de participar na assembleia-geral de accionistas

Por Leonor Riso 

O BES contesta as decisões tomadas ontem durante a Assembleia-Geral de accionistas do BES Angola. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o banco considera “inválidas e ineficazes as decisões tomadas”, sendo que “não foram respeitadas as formalidades legais e estatutárias necessárias para que a assembleia pudesse reunir”.

O BES, que detém 55,71% do capital social, não pôde votar na assembleia de accionistas, porque a sua representante foi impedida de participar na reunião. Deste modo, garante que vai “agir em conformidade”.

De acordo com o ‘Diário Económico’, o “banco mau” recebeu a convocatória para a reunião no dia 22 de Outubro, tendo pedido mais esclarecimentos, que não foram dados. Hoje, o ‘Jornal de Negócios’ noticia que a petrolífera Sonangol será a maior accionista do BESA, devido à medida de saneamento tomada durante a reunião e devido à qual o BES foi afastado do capital social do BESA.

Segundo o ‘Diário Económico’, o capital social será ainda detido pela Geni, S.A., Lektron Capital, S.A., e pelo Novo Banco.

Deixar Comentário

Por favor faça Login/Registo para comentar este artigo.

comentários

Galerias de fotografias





Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media, SGPS. Consulte as condições legais de utilização.